Salvador diz não às ameaças de Lula e Dilma

ACM Neto comemora com o povo a histórica vitória nas urnas

O eleitor soteropolitano disse um sonoro não às ameaças feitas pelos petistas Lula e Dilma durante a campanha eleitoral. Para evitar a derrota do PT, Dilma chegou ao extremo de esquecer a liturgia do cargo de presidente da república para chamar o candidato do DEM, ACM Neto, de baixinho e pequeno, adjetivos, no entender dela, pejorativos.

Entretanto, o eleitor deu o troco e ACM Neto (DEM) foi eleito neste domingo (28) o novo prefeito de Salvador, derrotando o candidato do PT, Nelson Pelegrino, no segundo turno. Neto assume a prefeitura em janeiro, substituindo João Henrique Carneiro (PP). A vice-prefeita de sua chapa é Célia Sacramento (PV).

Depois de um primeiro turno disputadíssimo, a briga este domingo foi novamente acirrada. Com todas as urnas apuradas, Neto teve 53,51% dos votos e Pelegrino 46,49%.  A abstenção foi de 21,53%, votos brancos foram de 2,48% e nulos chegaram a 6,66%;

Neto comemorou o resultado em sua página no Facebook: “Não duvidei um só minuto da força do nosso povo. Hoje, começamos a escrever uma nova história e Salvador vai reconquistar seu brilho e orgulho. Obrigado pela confiança! Vamos juntos defender Salvador!”, postou.

O resultado confirma pesquisa Ibope divulgada na véspera da eleição, que trazia Neto com 55% dos votos válidos frente a 45% de Pelegrino, com margem de erro de 3 pontos para mais ou para menos.

Com informações do Correio.

Author Description

Walmir Rosario

No comments yet.

Join the Conversation