Rabanadas, ou fatias de parida

Apesar de passado o Natal e Ano Novo, a rabanada pode ser degustada em qualquer festa, inclusive no Dia de Reis (6 de janeiro)

A festa de Natal é sinônimo de bem-aventurança, pois representa a chegada de Jesus, o Deus-menino. Para nós cristãos, principalmente os católicos ocidentais, é uma festa caseira, bem familiar – às vezes com alguns convidados –, na qual celebramos a chegada da cristandade, uma nova era, marcada por antes e depois do Cristo Jesus.

Essa cultura foi ficando entre nós e passamos a comemorar também com o nascimento dos nossos filhos. A chegada de um filho é saudada com alegria – naturalmente – e para isso convidamos amigos e parentes para festejar com comida e bebida farta.

A única diferença é que no Natal é o Filho de Deus feito Homem que veio habitar entre nós. Vestimos as melhores roupas, damos os melhores presentes, investimos em iguarias da melhor qualidade. Alguns desses pratos atravessam os séculos e são da cultura européia, trazidas por nossos antepassados, principalmente os portugueses.

A rabanada é uma dessas delícias que atravessaram os séculos e continuam presentes entre nós. Em nossa casa, na ceia de Natal, não dispensamos essa preciosidade culinária. De início, Vilma – minha esposa – fazia-a frita no óleo quente, mas com a constante preocupação com a melhoria da qualidade de vida, passou a preparar as rabanadas das duas formas, uma exigência minha para não perder a tradição.

Somente é preciso um cuidado, não chamar essa delícia de fatia de parida e sim de rabanada, para que ela não perca as estribeiras.

RABANADA (MODO DE FAZER)

Ingredientes

1 baguete de pão francês ou 4 pães franceses (não precisa ser amanhecido)

2 xícaras de leite ou o suficiente para molhar as fatias de pães

1 lata de leite condensado

3 ovos batidos

1 pitada de canela

Canela a gosto

Açúcar a gosto

Óleo de girassol para fritar

Corte a baguete em fatias médias

Em um refratário, misture o leite com o leite condensado e mergulhe as fatias de pão, até que elas estejam bem molhadinhas

Em outro refratário, bata os ovos e coloque 1 pitada de canela

Passe as fatias molhadas de leite nos ovos batidos

Frite – as em óleo quente

Escorra as rabanadas em papel toalha e em seguida mergulhe – as em um refratário com canela e açúcar a gosto

Sirva quente ou coloque na geladeira servindo gelada

Obs: O óleo de girassol é excelente pois, não deixa um gosto forte na rabanada, mas pode ser usado outro de sua preferência.

Rabanada de forno

Ingredientes

1 lata de Leite condensado tradicional

1 colher (chá) de essência de baunilha

20 fatias de pão francês amanhecidas

3 ovos bem batidos

açúcar e canela em pó, para polvilhar

Modo de Preparo

Forre uma assadeira retangular (33cm X 20cm) com papel manteiga, e unte o papel. Misture bem o leite condensado com uma xícara (chá) de água e a baunilha. Passe os pedaços de pão nesta mistura e nos ovos batidos Escorra-as e coloque-as fatias dos pães escorridas sobre o papel untado. Leve ao forno médio (180ºC) por 15 minutos ou até dourarem.

Dicas: – Sirva polvilhada com açúcar e canela

Regue com o leite condensado antes de servir, (se quiser) para ela ficar ainda mais gostosa.

Essa receita de Rabanada no forno fica muito mais sequinha e saudável do que a frita.

Author Description

Walmir Rosario

No comments yet.

Join the Conversation