Queda-de-braço na Câmara de Itabuna

Loiola e Roberto de Souza de um lado, Ruy Machado e os oito (mais um) vereadores que apoiam sua chapa de outro. Amanhã, a população de Itabuna verá quem é o todo-poderoso da Câmara de Itabuna.

A confusão estaria sendo causada pelo apoio de Azevedo a Loiola

Enquanto o presidente Clóvis Loiola e o primeiro-secretário Roberto de Souza dizem que a eleição para a escolha da mesa diretora da Câmara de Itabuna foi adiada – sine dia -, o candidato a presidente do Legislativo, Ruy Machado, garante que a eleição está mantida e que não há como cancelar a sessão das 14 horas desta terça-feira (30).

Segundo Ruy, não há como manobrar para cancelar a sessão, haja vista que a documentação apresentada é totalmente legal e foi protocolada na Secretaria Parlamentar do Legislativo, com todos os cargos preenchidos. “Não vamos aceitar mais uma ação de Roberto de Souza contra a lei. Tudo está legal e amanhã vamos provar isso”, disse o vereador.

Ruy Machado, que se encontra no litoral ilheense com os membros de sua chapa e vereadores que lhe apoiam, diz que é chegada a hora de moralizar a Câmara de Itabuna, vilipendiada por tanto tempo. Na opinião do vereador Ruy a ditadura implantada no legislativo tem data e hora para acabar. “Não tem mais como mantér esse grupo dominando a Câmara de Itabuna, alvo de tantos escândalos. A data é amanhã, dia 30, às 14 horas”, revela Ruy.

Nos bastidores, os comentários é que até agora o prefeito de Itabuna, Capitão Azevedo, estaria agindo com dubiedade, ora apoiando o vereador Ruy Machado, ora emprestando solidariedade ao presidente Loiola, que agora se juntou ao seu colega Roberto de Souza. “Não posso garantir que o prefeito Azevedo venha agindo dessa forma. Mas como em política tudo é possível, vamos aguardar os acontecimentos para apurar a veracidade dos fatos”, prometeu Ruy.

Author Description

Walmir Rosario

No comments yet.

Join the Conversation