PRF REGISTRA AUMENTO DE 37% NO NÚMERO DE VEÍCULOS RECUPERADOS

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) registrou no primeiro semestre deste ano um aumento de 35% no número de veículos roubados que foram recuperados na Paraíba. De janeiro a junho de 2019 foram recuperados 92 veículos, sendo que no mesmo período do ano anterior este número foi de 67 veículos.

Apenas no último final de semana cinco veículos com ocorrência de roubo foram recuperados. No sábado (6), dois veículos foram recuperados no sertão da Paraíba, sendo uma VW Amarok, roubada em Itambé/PE no último dia 4 de julho, e um GM Prisma, roubado em Macéio/AL em 2010. Ainda no sertão, no município de São Mamede, no domingo (7), foi recuperado um guincho VW 8160, roubado em Caruaru/PE em 2016. Também no último domingo foram recuperados uma motocicleta CG 125 Titan durante abordagem na BR 101, em Alhandra, roubada em Jaboatão do Guararapes/PE em janeiro deste ano, e um Fiat Siena, roubado em Natal neste mês de julho, localizado abandonado na BR 101, em Mamanguape.

VEÍCULOS CLONADOS

Muitos dos veículos recuperados pela PRF estavam clonados, o que dificulta a identificação do crime e exige uma fiscalização minuciosa para localizar a fraude. Algumas vezes o condutor se quer tinha conhecimento do crime e adquiriu o veículo de boa fé. A PRF orienta que os proprietários de veículos que estiverem recebendo multas em locais onde não trafegaram que procurem a instituição para relatarem a possibilidade do veículo estar clonado.

DICAS PARA COMPRAR USADOS

A PRF orienta também que ao comprar um veículo usado é importante que o novo proprietário realize a transferência do veículo, sempre desconfie de anúncios tentadores, leve a um mecânico de confiança e conheça a procedência do veículo.

SISTEMA SINAL

A PRF dispõe de um sistema que pode ser acessado pelas vítimas para que os policiais de serviço recebam informações sobre os veículos roubados. Para isso, basta acessar o site www.prf.gov.br/sinal e preencher os campos solicitados. Caso a vítima não tenha acesso a internet, a informação pode ser repassada através do telefone de emergência 191.

Author Description

Walmir Rosário

No comments yet.

Join the Conversation