PIB da Bahia em crescimento

A expansão de 2,9% da economia baiana no segundo trimestre de 2011, em relação ao mesmo período do ano passado, é indicador de sustentabilidade do crescimento econômico para os próximos anos. A explicação é do diretor-geral da Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais (SEI), Geraldo dos Reis, que concedeu entrevista coletiva, nesta quinta-feira (1º), no auditório da Superintendência de Construções Administrativas da Bahia (Sucab), onde os resultados do trimestre foram anunciados.

Segundo ele, eliminando-se as influências sazonais, ainda na comparação com o primeiro trimestre de 2011, a atividade econômica baiana alcançou expansão de 2,4%. Com o resultado, o estado acumula crescimento de 2,8% no semestre em comparação ao primeiro semestre de 2010. Para ele, o resultado do Produto Interno Bruto (PIB) é positivo porque “a qualidade do crescimento é positiva”.

De acordo com o diretor da SEI, de janeiro a junho, houve oferta de mais de 60 mil novos empregos, grande parte gerada pela micro e pequena empresa no interior do estado. Reis citou ainda o consumo de massa, com bons resultados, fato atribuído ao impacto das políticas de transferência de renda e das ações estaduais que estão fortalecendo, sobretudo, a economia interiorana.

Author Description

Walmir Rosario

No comments yet.

Join the Conversation