ORQUESTRA SINFÔNICA EM ILHÉUS

A Orquestra se apresentou também na Catedral

Os ilheenses driblaram o mau tempo e lotaram o Teatro Municipal de Ilhéus na noite da última quinta-feira (29) para conferir as apresentações dos grupos Bahia Cordas e Opus Lúmen da Orquestra Sinfônica da Bahia (Osba), sob a regência do maestro Eduardo Torres. A iniciativa faz parte do projeto ‘Formação de Platéia’ com as cameratas da Osba e de acordo com o presidente da Fundação Cultural, Maurício Corso, tem a finalidade de apresentar grandes espetáculos, além do aperfeiçoamento técnico dos músicos, através da realização de apresentações sistemáticas e mensais para alunos das escolas públicas, associações, instituições filantrópicas e estudantes de música de uma forma geral.

Os grupos Bahia Cordas e Opus Lúmen, um septeto de cordas e um trio de sopros respectivamente, apresentaram um repertório erudito e popular, intercalando entre as obras explanações sobre uma orquestra, os seus instrumentos, compositores e a história da música. Também na quinta-feira, a Orquestra Sinfônica da Bahia se apresentou no interior da Catedral de São Sebastião. Assim como no Teatro Municipal, católicos formaram um grande público para acompanhar um programa com peças famosas de alguns dos grandes mestres da música: Valsa das Flores, de Tchaikovsky; O Danúbio Azul, de Strauss Jr; as aberturas Karelia e Finlândia, de Sibelius, e a Sinfônia no 9 (Do Novo Mundo), Dvorák.

A Osba é mantida pela Secretaria de Cultura do Estado, através da Fundação Cultural do Estado da Bahia e Teatro Castro Alves.  A Orquestra Sinfônica da Bahia ultrapassa os limites do erudito e do popular para apresentar ao público baiano e aos seus visitantes, um conjunto que prima por sua identidade, valoriza sua história e sotaque. Criada em 30 de setembro de 1982, a OSBA é uma companhia estadual que integra os corpos estáveis do Teatro Castro Alves e está sob a gestão de Ricardo Castro desde janeiro de 2007, que tem como nova proposta redefinir o papel da orquestra na sociedade, com um viés social.

Author Description

Walmir Rosario

No comments yet.

Join the Conversation