OAS entra na briga pela Emasa

Crescimento da empresa cria "olho grande"

A construtora OAS, que até bem pouco tempo era conhecida por Obrigado Amigo Sogro, ou Obras Arranjadas pelo Sogro, entra de vez na briga pela compra da Empresa Municipal de Saneamento de Itabuna (Emasa).

A OAS foi a primeira empresa a trabalhar com a adutora que liga a captação de Ferradas no Rio Colônia e que fez todas as prospecções para a construção da barragem no mesmo rio, só que localizada no município de Itapé.

A OAS levaria bastante vantagem em relação às empresas italiana e francesa que pretendem comprar a Emasa, por conhecê-la de perto, sabendo de todas as nuances quanto à captação e distribuição de água em Itabuna.

Outra vantagem da OAS é em relação às pessoas responsáveis pela negociação da Emasa (prefeito, secretários, vereadores), haja vista que mantém um relacionamento com essas pessoas há algum tempo. Nesse caso, esse know-how é um diferencial bastante positivo.

Author Description

Walmir Rosario

No comments yet.

Join the Conversation