O MÓVEL DO CRIME

A missão seria privilegiar pré-candidato do PRB

Circula nos bastidores da política itabunense uma versão sobre a exoneração do secretário da Saúde de Itabuna, Renan Araujo. Segundos os comentários, o motivo mais forte teria sido a possibilidade de o Partido Republicano do Brasil (PRB) tomar para administração da secretaria do Partido Comunista do Brasil (PCdoB).

O “olho grande” do pastores e bispos da Igreja Universal é em função da mudança da gestão do Sistema Único da Saúde (SUS) em Itabuna passar para a “gestão plena”, ou seja: todos os recursos passam, a partir desta quinta-feira, 1º de agosto, a ser gerido pelo secretário da Saúde. Muito dinheiro e mais serviços que poderão ser prestados à população.

Nesta briga estão as possibilidades de eleição do bispo Marinho com os votos de Itabuna, que ainda não obteve sufrágio expressivo na cidade, apesar do poderio da Igreja Universal. Eles estão de olho no potencial de votos do comunista Davidson Magalhães, atual presidente da Bahiagás, com base eleitoral privilegiada em Itabuna.

Daí as reclamações feitas peloex-secretário Renan Araujo em relação às rasteiras e puxadas de tapete que vinha tomando com grande intensidade, diariamente, por fontes ligadas à Igreja Universal. Faltou apenas combinar com a população a migração de votos de Davidson para o bispo Marinho, em troca do atendimento de saúde.

Author Description

Walmir Rosario

No comments yet.

Join the Conversation