Manoel Novaes integra projeto da Fiocruz

Integrando o projeto Nascer no Brasil: Inquérito Nacional sobre Parto e Nascimento, o Hospital Manoel Novaes da Santa Casa de Misericórdia de Itabuna foi selecionado pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) como campo de treinamento de recenseadores e aplicação da pesquisa que tem caráter nacional. Como objetivo, o projeto estimará a prevalência de partos cesarianos ocorridos em instituições públicas e privadas do Sistema de Saúde brasileiro, segundo localização geográfica, além de descrever as complicações maternas e nos recém-nascidos por tipo de parto, com ênfase na prematuridade.

Como instituição filantrópica com título de Hospital Amigo da Criança, o Manoel Novaes foi referendado como “campo ideal para treinamento da equipe”. De acordo com a coordenadora do Projeto no Brasil, a pesquisadora da Fiocruz, do Rio de Janeiro, Maria do Carmo Leal, a capacitação dos recenseadores baseou-se em entrevistas com as mães que deram a luz no Hospital Manoel Novaes e na consulta orientada a seus respectivos prontuários. Na região, a coordenação do projeto Nascer no Brasil está sob a responsabilidade da professora da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb), Paula Lisiane de Assunção.

Já neste mês de agosto, o Inquérito Nacional sobre o Parto e Nascimento será aplicado em Itabuna, seguindo para Ilhéus no mês de setembro. Em todo o Brasil, o projeto Nascer no Brasil será executado em 191 unidades hospitalares, quando serão visitados 266 diferentes municípios e entrevistadas 24 mil puérperas. Os primeiros resultados dessa pesquisa estarão disponíveis em novembro desse ano.

O projeto justifica-se na necessidade de realização de um estudo de abrangência nacional para conhecer os motivos que levam as gestantes a se submeterem ao parto cesariano, a real magnitude da prematuridade no país, com destaque para a prematuridade tardia, bem como, descrever as consequências imediatas e tardias do tipo de parto sobre a saúde da puérpera e do recém-nascido.

Author Description

Walmir Rosario

No comments yet.

Join the Conversation