LOIOLA: ”POSSO IR PRESO, MAS LEVO TODOS OS VEREADORES COMIGO”

O Jornal Agora que chegas às bancas neste sábado (20), ao meio-dia, traz uma reportagem de fundo com o presidente da Câmara de Itabuna. Nas páginas centrais, Loiola diz que o rombo ultrapassa os R$ 5 milhões.

O presidente Loiola acredita que ainda tem “uma carta na manga pra livrar sua cara”

Na entrevista, Loiola tenta se eximir da culpa sobre o rombo financeiro na Câmara e diz que, no máximo, pode ser responsabilizado por não ter feito uma fiscalização mais rigorosa dos pagamentos. Entretanto, Loiola esquece que grande parte da documentação aponta que ele mesmo foi beneficiário do esquema de corrupção instalado no legislativo itabunense.

Loiola foi textual em dizer: “Se sou ladrão, todos os vereadores envolvidos com o esquema também o são. Posso ir preso, mas levo todos os vereadores comigo”. Loiola tenta se eximir da culpa sob o argumento de que os desfalques teriam sido participado por pessoas que exerciam cargo de confiança na Câmara, a exemplo de Kleber Ferreira. “Ora, se todos esses atos e processos fossem realizados diretamente por mim, esses setores não precisariam existir”, reclama.

Loiola reconhece que ele mesmo quem firmou os convênios com a para a concessão de empréstimos consignados para os servidos (comissionados ou do quadro), o que gerou uma das maiores fraudes. Os contracheques eram falsificados para que os servidores pudessem contratar empréstimos bem acima da capacidade de pagamento. Segundo Loiola, todo o mundo tem culpa no cartório.

“Se gritar pega ladrão, não fica um meu irmão”, já dizia a letra da música de Bezerra da Silva.

Author Description

admin

No comments yet.

Join the Conversation