GUILHERME GALVÃO É NOMEADO DIRETOR DA CEPLAC

O Ministro de Estado Chefe da Casa Civil da Presidência da República, Onyx Lorenzoni, nomeou Guilherme Galvão Oliveira Pinto para exercer o cargo de Diretor da Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira (Ceplac). A Portaria nº 1.370 foi publicada no Diário Oficial da União, nesta sexta-feira (8), nos atos da Secretaria de Inovação, Desenvolvimento Rural e Irrigação do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, órgão ao qual a Ceplac está na estrutura organizacional.

Guilherme Galvão é agricultor no Sul da Bahia e na região de Muquém, capitão da reserva do Exército e candidato a uma vaga à Câmara Federal em função da atuação em defesa dos produtores de cacau. Membro atuante do Sindicato Rural de Barro Preto também foi presidente da Associação dos Produtores de Cacau (APC) e diretor da Federação de Agricultura do Estado da Bahia.

A nomeação do produtor Guilherme Galvão era aguardada pelos diversos setores da agricultura baiana, por ser um defensor da lavoura cacaueira e de uma atuação mais destacada da Ceplac. Para ele, o cacau foi o responsável pelo desenvolvimento da região Sul da Bahia e é quem pode, de novo, fazê-la retornar ao caminho que sempre trilhou na produção de riquezas.

Guilherme Galvão tem um histórico de lutas na recuperação da lavoura cacaueira, como o objetivo de ampliar a melhorar a produção de cacau no Sul da Bahia, aumentando os índices de produtividade com plantas geneticamente melhoradas. Ele também defende a necessidade da contratação de novos funcionários para a Ceplac além da criação de um Fundo de Desenvolvimento da Cacauicultura e de aval para os produtores, para não comprometer o futuro da cacauicultura.

Author Description

admin

No comments yet.

Join the Conversation