GUERRA ENTRE MUKIRANAS ACABA ANTES DE COMEÇAR

O motivo da querela seriam as 13 fichas de cerveja, pagas ao tesoureiro, e não consumidas durante o Carnaval de 2017

As provas e a autorização para a negociação

Nesta quarta-feira (30), lá pras bandas da Atalaia, o mukirana Tyrone Perrucho firmou documento (escrito, datado e assinado) de que estaria disposto a dividir com João de Cezário (também mukirana) e Nadu as 13 cervejas devidas pelo bloco. A pendência remonta do Carnaval de 2017, quando Tyrone não consumiu as 13 cervejas já pagas e com as fichas em seu poder.

E a querela entre Tyrone e o eterno tesoureiro Nelson das Mukiranas Barbosa vem se arrastando, haja vista não ter recebido o seu dinheiro de volta e nem mesmo as 13 cervejas já pagas em reais, moeda corrente nacional. Durante a reunião, João de Cezário e Nadu foram aliciados por Tyrone, para que intercedessem junto ao tesoureiro e, caso conseguissem a devolução, beberiam junto as 13 cervejas devidas.

Para reforçar o argumento junto a João de Cezário e Nadu, Tyrone Perrucho relatou que já tinha consultado um advogado canavieirense de renome nos meios forense, que lhe garantiu vitória na justiça. Caso Nelson Barbosa relutasse, mais uma vez, em honrar o pagamento feito por meio da devolução dos recursos pagos antecipadamente, ingressaria com uma ação monitória, pois as 13 fichas valeriam como prova escrita.

Diante das robustas justificativas apresentadas pelo credor, João de Cezário e Nadu finalmente convencem Nelson Barbosa a quitar a dívida das Mukiranas junto ao filiado Tyrone Perrucho. Dentre as razões apresentadas pelos dois negociadores, seriam de que as despesas decorrentes da ação judicial poderia influenciar, decisivamente, no desfalque das finanças da agremiação, inviabilizando sua apresentação no Carnaval de 2019.

E assim sendo, o eterno tesoureiro das Mukiranas, Nelson Barbosa, se comprometeu a honrar a dívida, que seria paga com a presença de convidados e testemunhas, para que nova reclamação fosse apresentada. Firmado, então, que o pagamento será realizado em data e horário a ser marcado pelo credor, no estabelecimento Sombra da Tarde, do piloto de ultraleve, Capitão Manuca.

E todos continuam felizes por agora e sempre.

Author Description

admin

No comments yet.

Join the Conversation