Criado o Parque Municipal Marinho dos Ilhéus

O decreto assinado pelo prefeito Newton Lima foi publicado em comemoração ao Dia do Meio Ambiente

Durante solenidade realizada na manhã desta segunda-feira (6), no salão nobre do Palácio Paranaguá, o prefeito Newton Lima assinou o Decreto n º 037 que regulamenta a Lei Municipal nº 3.212, de 30-1-2006, que autoriza a criação do Parque Municipal Marinho dos Ilhéus. Elaborado pelo vereador Marcus Flávio, com apoio da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) e da Colônia de Pesca Z-19, o projeto tem como objetivo fundamental da preservação do peixe Epinephelus itajara (Mero), bem como de todo o ecossistema associado a essa Unidade de Conservação, proporcionando oportunidades controladas de visitação, lazer, educação ambiental e pesquisa científica.

O Parque Marinho engloba os seguintes ilhéus: Pedra de Ilhéus, Ilhéuzinho, Itaipinho, Itapitanga e Sororoca, ficando proibida a prática de caça e pesca em quaisquer de suas modalidades, bem como captura ou coleta de organismos marinhos, com a finalidade outra que não a pesquisa científica , devidamente autorizada pela administração do Parque. Também fica vedada a entrada na área portando armas, materiais ou outros instrumentos destinados à caça, pesca ou outras atividades prejudiciais à fauna.

Ao se pronunciar sobre a criação do Parque Marinho e de sua importância, o vereador Marcus Flávio relatou que foram adotados todos os cuidados para que a proposta fosse bem aceita pelos pescadores locais, tendo sido realizada audiências públicas para explanação e debates, além de ter sido realizado um profundo estudo da rica biodiversidade detectada na área de abrangência do Parque, principalmente no que se refere à preservação do Mero, que ao longo dos anos, durante o período de alta estação vem desovar, deparando-se com predadores.

Author Description

Walmir Rosario

No comments yet.

Join the Conversation