CAPONATA COM BISTECA SUÍNA

Numa segunda-feira dessas recebi um mesmo texto por e-mail enviado por três pessoas diferentes meu colega Pedro Carlos (Pepê), Afonsinho Lapa e outro que não consegui identificar, pois não consta dos meus contados. Eles vieram somar a um que tinha recebido há dias, enviado pelo também colega Gláucio Badaró, com as recomendações que utilizasse em Prazeres da Mesa.

De início – assim que Gláucio enviou – relutei em utilizar, até mesmo porque ele fez o adendo de que a coluna era uma coisa séria e o tema sugerido poderia ser entendido como uma discriminação às mulheres. Claro, além de prezar o sexo feminino, seria censurado em casa mesmo, pela minha mulher, apesar de entender o espírito da coisa, mas não ser politicamente correto.

Mas, vamos ao assunto. Dizia o e-mail:“RECEITA DE BACALHAU – Ingredientes: bacalhau, azeite, pimentão, alho, cebola, azeitonas, batatas, sal, cerveja e mulher. Modo de preparo: Ponha a mulher na cozinha com os ingredientes e feche a porta. Tome cerveja durante duas horas e depois peça para ser servido. É uma delícia e quase não dá trabalho!!!”.

Nada como uma ideia brilhante e na hora certa. Daria até pra elaborar o prato, não fosse por um pequeno problema: minha mulher não estava em casa, devido a uma viagem a Curitiba, portanto, não dava pra ficar aguardando o prato ficar pronto. Em minha mente passou a intenção de fazer um prato simples e rápido, apropriado para quem está sozinho em casa.

Abri a geladeira e peguei duas berinjelas de tamanho médio cortei-as em cubos e coloquei no fogo até secar a água. Ao mesmo tempo, escolhi duas bistecas suína, deixei descansando nos temperos enquanto a cozinhava as berinjelas com sal a gosto, alecrim, cebola, alho, pimentão, passas e um pouco de pimenta do reino.

Enquanto tomava essas providências, segui o conselho dados pelos amigos e comecei a beber uma cerveja bem gelada. Um olho no fogão e outro no copo. Cozidas as berinjelas – restava pouquíssima água –, adicionei pasta de tomate seco, azeite de oliva e shoyu. Deixei mais cinco minutos em fogo brando até engrossar o caldo.

Enquanto isso, em azeite bem quente, coloquei para fritar a bisteca, que levou praticamente o mesmo tempo em que engrossava o caldo da berinjela. Daí foi só por na mesa e comer com pedaços de pão francês integral. Por cima da berinjela vai muito bem um pouco de queijo parmesão ralado em pequenas tiras.

Acompanhei o singelo prato com uma cerveja Bohemia escura, que casou divinamente com a berinjela. Que falta faz uma mulher na cozinha, ainda mais quando cozinha divinamente bem, permitindo que o marido absorva uns goles a mais de cerveja enquanto ela prepara o prato.

INGREDIENTES PARA AS BERINJELAS:

– 2 berinjelas;

– alecrim a gosto;

– 1 cabeça de cebola;

– 2 dentes de alho;

– ½ pimentão;

– pimenta do reino a gosto;

– sal a gosto;

– uma colher de pasta de tomate seco;

– passas a gosto;

– 4 colheres de sopa de azeite de oliva.

INGREDIENTES PARA A BISTECA:

– 1 bisteca suína;

– pimenta do reino;

– cebola em rodelas;

– alecrim;

– uma pitada de curry,

– Shoyu;

– sal a gosto.

Author Description

admin

No comments yet.

Join the Conversation