A UTILIZAÇÃO DA INFORMÁTICA COMO UMA FERRAMENTA NA CONSTRUÇÃO DOS SABERES

Por Walmir Rosário

Desde pequenos os alunos já começam a se familiarizar com a informática

Os alunos da Escola Cassimiro Luiz Gomes, na comunidade da Ilha da Atalaia, em Canavieiras, conta com a informática como grande aliada na construção dos saberes. Esta importante ferramenta foi instalada numa área em que os computadores ainda são equipamentos desconhecidos de parte da população de pescadores e catadores de mariscos que habitam aquela comunidade.

Na sala de informática da escola foram implantadas 14 estações, com computadores que funcionam com sistema operacional Linux Pandorga, equipados com jogos apropriados para a educação infantil. Nessas máquinas, os alunos tomam os primeiros contatos com a informática, uma importante aliada da educação.

Informa a professora Rosângela Cláudia, que a Escola Casimiro Luiz Gomes trabalha com 25 alunos no sistema de classe multisseriada (alunos assistentes, pré-escola I e II, 1º ao 5º ano), nos turnos matutino e vespertino. Os alunos têm idade a partir dos três anos e todos já participam das atividades na sala de informática implantada na escola.

Localizada na praça Santo Antônio e próxima à praia, os equipamentos sofrem bastante com os efeitos da maresia, enferrujando com bastante rapidez, principalmente quando não utilizados com frequência. E foi com esses computadores obsoletos e sem funcionar (seis estações e 18 terminais), que a professora Rosângela encontrou a sala de informática.

Diante da necessidade de implantar um projeto de resgate dos valores e que promovesse a interação e socialização entre os alunos, ao mesmo tempo em que incentivasse a leitura e a execução das atividades, a professora Rosângela solicitou à Secretaria da Educação a reativação da sala de informática. E a parceria entre a Educação e o Setor de Tecnologia do Centro de Processamento de Dados funcionou.

Escola Luiz Cassimiro Gomes, na Atalaia

Com a implantação dos computadores, os alunos da Escola Luiz Cassimiro Gomes passaram a dividir as ações pedagógicas entre a sala de aula e o laboratório de Informática. A nova atividade, segundo a professora Rosângela, tem sido uma ferramenta facilitadora da aprendizagem, através das atividades lúdicas, associadas com a matemática, desenho e a leitura e produção de textos.

Todos os trabalhados realizados (arquivos) pelos alunos são “salvos” e guardados numa pasta com os nomes dos alunos, para que possa ser feito o acompanhamento das atividades produzidas. “Hoje, o laboratório de informática é um grande aliado no trabalho de ensino-aprendizagem, pois o uso da tecnologia desperta a atenção dos alunos”, ressalta a professora.

Explica a professora Rosângela, que a utilização do laboratório de informática também tem seus critérios. As atividades formais são realizadas às sextas-feiras e durante o recreio. Outra norma instituída é o comportamento em sala de aula e execução os trabalhos (deveres). Hoje, todos os alunos têm no laboratório de informática um estímulo a mais nas atividades da escola.

O laboratório de informática também atende aos alunos da comunidade e que estudam nas escolas do Fundamental II, que podem utilizar os computadores para fazer seus trabalhos escolares. “É também através da informática que estamos reconquistando a confiança dos pais dos alunos, que estavam matriculando seus filhos nas escolas do centro da cidade. Vamos, ainda, implantar um novo projeto, este voltado para a música, no sentido de desenvolver as habilidades dos nossos alunos”, ressalta a professora.

Interesse e inventividade – Conta a secretária Municipal da Educação, professora Emília Cristina Augusto dos Santos, que assim que recebeu a demanda entrou em contato com o coordenador do Setor de Tecnologia, Luiz Cláudio Santos, para implantar o laboratório. “Um dos problemas era a escassez de recursos financeiros e materiais.

A solução proposta pelo Setor de Tecnologia foi a montagem de máquinas para o laboratório de informática a partir de um lote de computadores descartados pela Previdência Social e doados à Prefeitura de Canavieiras. “Como o sistema operacional Linux Pandorga consegue operar numa configuração de hardware básico, começamos montar os computadores com as peças aproveitáveis das diversas máquinas”, informa Luiz Cláudio.

Com os resultados positivos conseguidos com a reciclagem das máquinas da Previdência, outros computadores deverão ser montados (a partir das sucatas) para atender a outras escolas do município. “Vamos recuperar todas as peças em bom estado, com a finalidade de atender as escolas, substituindo os velhos computadores pelas máquinas recicladas”, propõe Luiz Cláudio.

Para a secretária Emília Augusto, a reciclagem dos computadores tem o cunho de racionalizar os recursos públicos e ajudar na preservação do meio ambiente. “Outra contribuição que acredito ser a mais importante é levar uma ferramenta para auxiliar no aprendizado dos alunos, com jogos e programas que exercitem a mente sem perder o prazer de estudar, conforme preceitua a empresa criadora do programa”, concluiu a secretária Emília Augusto.

 

Author Description

Walmir Rosário

No comments yet.

Join the Conversation