A inteligência do Coronel Santana – I

Santana soube usar ferramentas do marketing

O deputado estadual eleito Coronel Gilberto Santana deu uma demonstração de inteligência ao realizar uma campanha singular. Para isso, adotou um marketing político conhecido como o “feijão com arroz”, promovendo uma campanha sem alardes, porém calcada nas amizades que construiu ao longo de sua vida pessoal e profissional.

Por onde passou, como militar, soube impor respeito pelas atitudes e não pelo excesso de autoridade (violência). Conhecido como disciplinador, soube liderar e por ordens nos quartéis, proporcionando um conceito de cidadania no relacionamento entre os policiais militares e à sociedade. De início, foi pouco compreendido, mas o tempo mostrou a razão.

Na campanha política usou das ferramentas que dispunha: a sólida amizade conquista durante toda a vida e promoveu atos simples, mas eficientes, calcados no respeito recíproco. Não buscou enganar eleitores com falsas promessas de construir obras e implantar serviços, demonstrando que esse não é o papel do deputado, até por não administrar recursos. Mas assumiu compromissos junto à sociedade de usar a força do seu mandato para conseguir os pleitos junto ao Governo do Estado.

Eleito, com a mesma simplicidade de antes, foi ao encontro de lideranças e eleitores para agradecer a confiança nele depositada. Esta é uma atitude pouco comum entre os políticos, que costumam, assim que conhecem o resultado das urnas, buscar “paraísos turísticos” para aliviar o estresse da campanha.

Nessa eleição, se pode afirmar que o coronel Gilberto Santana – tido como um neófito político – soube tirar proveito dos parcos recursos materiais e de marketing que dispunha, agindo com cautela ao se comunicar com seus possíveis eleitores. E deu certo, tanto assim que foi eleito e já tem cadeira assegurada na Assembléia Legislativa.

Author Description

Walmir Rosario

No comments yet.

Join the Conversation